“SE A REALIDADE NOS ALIMENTA COM LIXO, A MENTE PODE NOS ALIMENTAR COM FLORES”.
CAIO F.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

PALAVRAS (QUASE) INVENTADAS


Daqueles que eu queria dizer
estradei, passarinhando
em uma busca desenfreada
pela palavra certa
Anoiteci-me na procura
em períodos em que me fiz sujeito
e sujeitei-me adverbiante
por não achar-te em vocábulos
Sampleei os grandes
quintaneando com maestripulias
palavras novas pra descrever-te
mas tropecei em pedras drummondianas
Concedi-me um fracasso heróico,
descobri-me não inventante,
palavra boa, palavra nova,
não descrevem meu desejo alucinante.
Como definir-te, se nem a mim o fiz ainda?
sendo assim, volto ao velho e bom chavão:
Minha neguinha, você é linda.

Adilson Sobrinho

2 comentários:

Adilson Sobrinho disse...

Minha neguinha, menina, boneca, gracinha... mulher, você é linda!

Fatima disse...

Olha gente!
Além de filosofo o moço é poeta.
O que o amor não faz né Lúcia?
Bjs.

SONHAR É ACORDAR-SE PARA DENTRO.
Mário Quintana